terça-feira, 16 de março de 2010

Vero Bistrô, nada foi mais passageiro


O Vero Bistrô Mediterrâneo talvez tenha sido o restaurante de vida mais curta da história recente de Curitiba. Tendo à frente o chef Francisco Minoli, funcionou em uma agradável casa na rua Princesa Isabel, no Bigorrilho. Logo na chegada, subindo a pequena escada de acesso, os clientes sentiam o agradável perfume das ervas cultivadas em canteiros especiais por Ronaldo Leão, um arquiteto aposentado que cultiva dezenas de espécies em sua casa e monta arranjos especiais para os clientes que o procuram (e que mereceu matéria especial na coluna Paladar em novembro de 2007: http://bit.ly/cAnKwy).
Pois o Vero funcionou quando muito por dois meses, para surpresa daqueles que haviam apreciado o cardápio e o clima da casa. Mas pelo menos deixou algumas boas lembranças, como esse Risoto de alcachofras e morangos ao chantilly de ervas frescas criado por Minoli. Que é hoje o nosso Prato do Dia.

Risoto de alcachofras e morangos ao chantilly de ervas frescas

Por Francisco Minoli, então chef do Vero Bistro Mediterrâneo

Ingredientes:
10 g de cebola picada em cubos de 2 mm de lado (ou o menor possível)
½ dente de alho, amassado na ponta da faca
25 ml de azeite de oliva
50 g de arroz arbóreo
100 ml de vinho branco (Chardonnay, se possível)
1 litro de caldo de frango "quente"
100 g de fundo de alcachofra pré-cozido, cortado em pedaços uniformes
3 morangos médios, bem maduros, porém ainda firmes, cortados em quartos
50 g de raspas de queijo Parmesão
Sal, Pimenta-do-reino moída na hora

Modo de fazer:

Coloque a cebola numa panela aquecida e distribua bem sobre a superfície, para secar a água da cebola, de maneira uniforme. Adicione o alho, igualmente.
Controle a temperatura para não queimar, adicione o azeite de oliva e misture bem.
Coloque o arroz na panela e mexa com uma colher, cobrindo toda a superfície do arroz com o azeite quente, até que ele se torne branco.
Regue aos poucos o vinho, de maneira que não acumule líquido.
Inicie então o processo de cozimento do arroz, colocando o caldo aos poucos, suficiente para soltar os grãos e mexê-los livremente.
Siga adicionando o caldo, à medida que o arroz toma corpo. A partir de 10 minutos de cocção (depende do arroz utilizado), adicione os pedaços de alcachofra e continue mexendo.
Quando o arroz estiver "al dente", quase no ponto desejado, adicione o Chantilly, em seguida os morangos e retire do fogo.
Sirva com as raspas de parmesão, azeite de oliva e ervas frescas para finalizar.

Chantilly
250 g de creme de leite fresco
6 colheres de um pesto concentrado de ervas frescas (tomilho, limão, orégano, manjericão, salsinha), raspas da casca de limão siciliano e azeite de oliva
Sal
Bata o creme usando um batedor de claras, ou um hand mixer. À medida que se torna mais espesso, adicione o "pesto concentrado" com muito pouco azeite e as raspas de limão, que podem ser previamente incorporadas ao pesto. Tempere com sal.

Rendimento: 4 porções.

2 comentários:

  1. Está explicado pq durou somente 2 meses...

    ResponderExcluir
  2. Não entendi o comentário.
    E nem sei a autoria.

    ResponderExcluir